quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Obama's Wars

Na próxima Segunda-feira, vai para as bancas o primeiro livro de Bob Woodward sobre a administração Obama, com o título Obama's Wars. O jornalista do Washington Post ganhou fama mundial quando, nos inicio dos anos 70, juntamente com o seu colega do Post, Carl Bernstein, investigou e denunciou o caso Watergate, que levaria à demissão do Presidente Richard Nixon. Desde então, Woodward, que conta com um acesso sem igual aos corredores do poder de Washington, tem escrito vários livros, todos best-sellers, sobre as diferentes administrações dos Estados Unidos, particularmente sobre a de George W. Bush, que foi objecto de quatro obras  do conceituado repórter.
Neste novo título de Bob Woodward, e segundo os excertos que têm sido "lançados" antes do lançamento oficial, o grande destaque é a condução da guerra no Afeganistão. E há já alguns pontos interessantes e polémicos, como o alegado desejo de Barack Obama em pressionar os seus conselheiros militares para que encontrassem uma estratégia de saída do teatro de guerra afegão, o que é de estranhar se pensarmos que Obama sempre prometeu concentrar as suas atenções neste conflito em detrimento do Iraque. Mas há mais: segundo o relato de Woodward, o presidente americano não pensa no envolvimento americano no Afeganistão como uma situação clássica de vitória ou derrota e não tenciona ficar muito tempo nesse território nem gastar tempo e dinheiro na árdua tarefa de nation-building.
Contudo, e até porque a Casa Branca, na figura do Press Secretary, Robert Gibbs, já apoiou o livro de Bob Woodward, o melhor será mesmo esperar pelo lançamento oficial da obra para se ter acesso ao conteúdo integral deste Obama's Wars. Depois de o encomendar e de o ler, darei aqui as minhas opiniões acerca do novo livro do mais incontornável autor sobre a vida política americana.

Sem comentários:

Publicar um comentário