segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Obama a subir

Segundo esta sondagem da Gallup, Obama parece estar a recuperar algum terreno. Neste estudo, Obama surge com 50% de aprovação do seu trabalho, contra 46% de desaprovação. Depois de 11 dias consecutivos em que os valores da aprovação do seu trabalho estiveram abaixo da barreira dos 50%, verifica-se uma pequena subida nos valores de popularidade do presidente.

Após o discurso do State of the Union e do seu sucesso na sessão de Q & A com os republicanos, era esperado um pequeno salto de Obama nas sondagens. Este primeiro estudo parece vir nesse sentido, mas o mais importante será verificar se esta recuperação será apenas um fenómeno pontual, normal depois de aparições presidenciais muito mediáticas, ou algo de mais concreto, representando reais ganhos de Obama junto do eleitorado americano. A rever, portanto.

Outra sondagem, também da Gallup, indica as preferências partidárias dos eleitores nos 50 Estados americanos. Assim, segundo este trabalho, os democratas contam com uma sólida vantagem em 23 Estados (mais Washington D.C.), além de outros 10 que tendem a "cair" para o seu lado. Já o GOP apenas possui 4 Estados considerados seguros e um leaning. Sobram, então, 12 Estados em situação de empate.

Também nesta sondagem os democratas encontram razões para sorrir. Mas, como já se sabe, estes dados são muito subjectivos. Note-se que, apesar deste estudo ter indicado o Massachusetts como o segundo Estado mais fortemente democrata do país, foi precisamente aqui que o partido de Obama sofreu uma dura derrota, há apenas duas semanas atrás.

Sem comentários:

Publicar um comentário