terça-feira, 13 de março de 2012

Decisões no Sul profundo

Além dos pouco relevantes caucuses no Hawaii e na Samoa Americana, decorrem hoje as primárias em dois dos Estados mais conservadores da nação norte-americana, o Mississipi e o Alabama. 
E muito da disputa pela nomeação presidencial republicana se poderá decidir nestes dois Estados do Sul profundo. Durante os último dias, as sondagens têm mostrado que existe um grande equilíbrio nas duas corridas, com Mitt Romney, Newt Gingrich e Rick Santorum muito próximos uns dos outros e com qualquer um deles a poder triunfar em qualquer um dos Estados em disputa. 
Gingrich será porventura aquele que joga mais neste dia de primárias, já que a viabilidade da sua candidatura está praticamente dependente de uma vitória, se não mesmo de duas na noite de hoje. Se não ganhar nenhum destes Estados sulistas, terreno que lhe é teoricamente favorável, o ex-Speaker fica com poucas alternativas que não a desistência da corrida.
Quem também estará à espera de um bom resultado para manter vivas as suas aspirações será Santorum, que tem vencido nos Estados mais conservadores e tem nas primárias do Mississippi e no Alabama o desafio de provar que é a única alternativa conservadora a Mitt Romney. Terá de vencer em pelo menos um destes Estados e esperar que Gingrich tenha uma noite negativa, pressionando-o a desistir em seu favor e ficando, assim, numa luta a dois com Romney. 
Mas é Mitt Romney que tem mais a ganhar na noite de hoje. À partida, não seria de esperar que o antigo Governador do Massachusetts fosse competitivo no Sul profundo dos Estados Unido. Todavia, as sondagens têm sugerido que Romney pode mesmo vencer em um ou mesmo nos dois dos Estados que hoje vão a votos. Se o conseguir, terá praticamente selada a nomeação republicana, provando que é capaz de vencer mesmos nos locais mais conservadores da América. Afinal, se Romney é capaz de derrotar Gingrich e Santorum no Alabama ou no Mississippi, então isso é sinal que os pode vencer em qualquer lado.

Sem comentários:

Publicar um comentário