terça-feira, 26 de janeiro de 2010

David Plouffe na Casa Branca

Os homens do presidente estão de novo todos reunidos. DavidPlouffe junta-se aos seus amigos David Axelrod e Robert Gibbs que, juntamente consigo, foram os principais responsáveis pela eleição de Obama.
Plouffe, que tinha sido o director da campanha presidencial de Obama, aceitou o convite deste para ingressar na equipa da Casa Branca. Plouffe será conselheiro do Presidente e, como excelente estratega que é, terá a seu cargo funções relacionadas com as eleições intercalares de Novembro. Isto demonstra o wake up call que representou a derrota no Massachusetts e a necessidade da administração em mudar de rumo e de abordagem.

Após a campanha de 2008, Plouffe tinha optado por não seguir Obama para a Casa Branca já que, segundo afirmou na altura, tinha sido pai recentemente e a sua família já havia sofrido o suficiente com a sua ausência durante os quase dois anos em que andou no trilho da campanha.

Porém, Plouffe não esteve parado. Além de ter estado envolvido no Organizing for America - uma organização que visava dar continuidade à excelente estrutura montada pela campanha de Obama -, dedicou-se à escrita de um livro sobre a própria campanha. Esta obra, intitulada The Audacity to Win, foi lançada em Novembro do ano passado e teve uma excelente adesão por parte dos leitores americanos. Eu, que já li o livro, considero que este devia ser de leitura obrigatória em qualquer cadeira de Marketing ou Comunicação Política. Nesta publicação, Plouffe esmiuça alguns dos segredos para a histórica vitória de Obama, como a aposta nos caucuses ou a campanha de proximidade e baseada nos voluntários e nos chamados grassroots supporters. A leitura é agradável e cativante. Aconselho vivamente.

Sem comentários:

Publicar um comentário