quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Os perdões de Obama

Amanhã, Quinta-feira, os norte-americanos celebram um dos seus mais célebres e apreciados feriados: o Thanksgiving Day. E, nas vésperas desse dia, cabe ao Presidente dos Estados Unidos uma já tradicional tarefa: perdoar um peru - o animal que serve de ementa principal nas comemorações - que tem a sorte de escapar ao forno. Esse perdão é normalmente acompanhado de um discurso em tom humorístico, que os presidentes costumam aproveitar para mostrar a sua faceta mais descontraída. 
Este é já o segundo peru que Barack Obama perdoa, depois de se ter estreado nessas lides há precisamente um ano. Contudo, curiosamente, o actual presidente americano tem sido criticado por ainda não ter exercido o seu poder de perdão ou comutação de penas judiciais, que é uma das prerrogativas que estão à disposição do líder dos Estados Unidos. Assim, parece que os perus estão a ser favorecidos por Obama em relação aos seres humanos. Mas também é preciso lembrar que os animais foram apenas considerados culpados de um crime: o de serem saborosos.

Sem comentários:

Publicar um comentário