quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Diz que é uma espécie de endorsement

Sarah Palin andava estranhamente ausente da campanha republicana presentemente em curso. Contudo, numa entrevista à Fox News, a candidata vice-presidencial em 2008 quebrou o silêncio e declarou o seu apoio a Newt Gingrich. Contudo, este não foi um anúncio de endorsement tradicional a um candidato (como foi o do seu marido, Todd Palin, também a Gingrich), já que Palin se limitou a dizer que, com o objectivo de prolongar por mais algum tempo a corrida, votaria em Newt caso fosse uma eleitora da Carolina do Sul. Ainda assim, este é um importante apoio para Gingrich, que precisa de toda a ajuda que puder encontrar para derrotar o super-favorito Mitt Romney.

Sem comentários:

Publicar um comentário