segunda-feira, 16 de maio de 2011

A montanha pariu um rato

Mais uma vez, e como muitos analistas previam, Donald Trump não será candidato à Presidência dos Estados Unidos, tendo anunciado há pouco essa decisão. Acaba assim mais uma campanha de propaganda realizada pelo próprio magnata, que já não é a primeira vez que insinua uma candidatura à Casa Branca como táctica de auto-promoção. Nas últimas semanas, Trump fez furor, tendo (alegadamente) forçado Barack Obama a divulgar o seu certificado de nascimento e andando bem colocado em várias sondagens relativas às primárias presidenciais do Partido Republicano. Agora, com o fait-diver Donald Trump fora de cena e com o leque de candidatos do GOP, finalmente, a tomar forma, a campanha presidencial pode, verdadeiramente, começar.

Sem comentários:

Publicar um comentário