segunda-feira, 4 de março de 2013

Jon Favreau goes to Hollywood

Com a entrada de um Presidente num novo mandato na Casa Branca é normal que ocorram algumas alterações no staff presidencial, com a saída de colaboradores cansados ou cujo ciclo terminou e com a chegada caras novas para ajudarem o Commander-in-Chief em mais quatro anos à frente dos destinos dos Estados Unidos. Entre as saídas, conta-se o nome de Jon Favreau, o principal speechwriter de Barack Obama, que colaborava com o actual Presidente desde 2005.
Favreau, que foi um dos mais novos escritores de discursos presidenciais de sempre (chegou à Casa Branca com 27 anos, estabeleceu uma funcional e proveitosa relação com Obama, que chegou a afirmar que Favreau era capas de ler a sua mente. Com uma ascensão meteórica no seio da política, o jovem oriundo do Massachusetts prepara-se agora para enfrentar um novo desafio, o da sétima arte. Após deixar, no início deste mês, a Casa Branca, Favreau irá mudar-se de malas e bagagens para Hollywood, onde o seu currículo lhe deve abrir muitas portas, nomeadamente no que diz respeito à escrita de argumentos para filmes. Aliás, há mesmo quem diga que Jon Favreau tem já um guião na calha.
Não se sabe ainda qual o género cinematográfico da eleição do antigo speechwriter de Obama, mas, com o seu background, não seria de admirar que estivessemos na presença do futuro argumentista de uma série como The West Wing ou de um filme como Nos Idos de Março. E se a escolha de Favreau recaísse mesmo sobre o grande ecrã, seria curioso uma parceria com o seu homónimo de Hollywood, o realizador Jon Favreau. Juntos, poderiam formar uma dupla de sucesso.

Sem comentários:

Publicar um comentário