sábado, 17 de setembro de 2011

Barómetro 2012 - Update

Barack Obama O conteúdo do seu plano para combater o desemprego foi bem recebido pela maioria dos americanos e mesmo os republicanos terão dificuldades em combater a proposta que contempla cortes de impostos. Contudo, os seus números nas sondagens continuam em queda.
Mitt Romney As suas prestações nos últimos debates parecem terem travado a descida nos estudos de opinião, dado que a diferença para Rick Perry tem vindo a estabilizar. A competência e a segurança que demonstra fazem dele o candidato republicano melhor preparado para enfrentar Barack Obama na eleição geral.
Newt Gingrich A campanha do antigo Speaker continua a ser uma grande desilusão. Sem hipótese de chegar aos primeiros lugares, Gingrich deverá estar à espera de uma boa oportunidade para desistir da corrida.
Sarah Palin Começa a ser tarde para alguém entrar na corrida, mesmo quando esse alguém se chama Sarah Palin. Até haver novidades, desaparece desta lista.
John Huntsman Tem tentado colocar-se como o candidato da diferença nas primárias do GOP. Moderado e razoável, dificilmente ganhará ímpeto numa campanha desequilibrada à Direita. Tentar fazer piadas usando músicas dos Nirvana diante de uma audiência composta por apoiantes do Tea Party também não me parece ser uma estratégia muito inteligente.
Rick Santorum Não tem estado mal nos debates, atacando de forma efectiva os seus opositores. Aposta tudo nos caucus do Iowa, mas com Perry, Bachmann, Romney e até Paul na corrida, não passará desse Estado do Midwest.
Rick Perry Apesar das suas prestações nos debates televisivos, que não são, já se viu, a sua especialidade, tem sido capaz de controlar os danos. Continua com uma vantagem interessante sobre os seus mais directos adversários nas sondagens e parece ser, no momento, o alvo a abater.
Michelle Bachmann A grande prejudicada pela entrada na corrida de Rick Perry, numa altura em que era a sensação da campanha presidencial. Agora, está em clara perda e uma vitória no Iowa, que chegou a parecer provável, está cada vez mais distante.
Ron Paul Em 2008, ganhou notoriedade devido às suas prestações nos debates, onde parecia derrotar os outros candidatos com o poder da retórica. Desta vez, porém, parece algo perdido e dá "tiros nos pés" com frequência.
Herman Cain Depois de um arranque de campanha onde chegou a ser visto como uma possível surpresa, é agora claro que a sua candidatura não será mais que uma pequena nota de rodapé quando, no futuro, se falar das eleições de 2012.

Sem comentários:

Publicar um comentário