sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Barómetro 2012 - Update Outubro

Barack Obama Os índices de aprovação do seu trabalho continuam em queda, atingindo já valores bastante preocupantes. Porém, a sua capacidade de angariação de fundos mantém-se em níveis recordes e os seus sucessos de política externa sucedem-se. A sua reeleição está longe de estar garantida, mas continua um formidável adversário para qualquer candidato republicano.
Mitt Romney Com Perry a perder fulgor e sem Chris Christie na corrida, o antigo Governador do Massachusetts é cada vez mais favorito a conseguir a nomeação. Até ao momento tem liderado uma campanha praticamente imaculada.
Newt Gingrich Tem subido ligeiramente nas sondagens e procura agora cativar Sarah Palin e os seus mais fieis seguidores. Prepara-se para lançar um novo Contrato para a América, à imagem do programa que em 1994 permitiu ao GOP reconquistar o Congresso e a Gingrich tornar-se Speaker. Veremos se em 2012 terá o mesmo sucesso.
John Huntsman Cada vez aposta mais (ou mesmo tudo) nas primárias do New Hampshire, onde as características dos eleitores podem favorecer as suas posições mais moderadas. Mas, apesar de algumas sondagens terem sugerido que estava a ganhar tracção no granite state, a sua candidatura é um (very) long shot.
Rick Santorum A candidatura de Santorum nunca criou expectativas muito elevadas. Contudo, o antigo Senador da Pensilvânia tem realizado uma campanha cinzenta e pouco entusiasmante. Por isso, não admira que não deixe os últimos lugares nas sondagens.
Rick Perry Depois de uma entrada triunfante na corrida, o Governador do Texas tem cometido erros, em especial nos debates, que puseram um fim à sua ascensão meteórica. Contudo, com vastos recursos financeiros ao seu dispor e sem Palin na corrida, Perry é ainda o principal adversário de Romney.
Michelle Bachmann Continua a descer a pique nas sondagens e parece que os tempos de fulgor onde parecia bem encaminhada para uma vitória no caucus já ficaram para trás. Para piorar as coisas, a campanha da congressista do Minnesota poderá estar com problemas financeiros, o que põe em perigo a viabilidade da sua candidatura.
Ron Paul A seguir aos dois frontrunners, Romney e Perry, é quem angaria mais dinheiro. Contudo, as suas posições em política externa, como quando pede a demissão de Obama pela morte de um líder da Al-Qaeda que é cidadão norte-americano, prejudicam-no junto do tradicional eleitorado republicano.
Herman Cain A vitória na straw poll da Florida e as boas prestações nos debates deram um novo ímpeto à sua candidatura. De forma algo surpreendente, Cain tem ressurgido em força nas sondagens que o colocam nos primeiros lugares.

Sem comentários:

Publicar um comentário